domingo, 30 de outubro de 2011

Reunião de Balanço

“... se alguém de vocês quer construir uma torre, será que não vai primeiro sentar-se e calcular os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? 
Caso contrário, lançará o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso, começarão a caçoar, dizendo: ‘Esse homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’” (Lc 14, 28-30)

Numa vida de Equipe, entre os vários meios de vivência das Equipes está a reunião anual de balanço. “A última reunião do ano equipista é uma reunião de balanço. Ela proporciona a todos os componentes do grupo a oportunidade de refletir e de dar sua opinião, abertamente e com espírito cristão, sobre a situação da equipe (sua caminhada, seus progressos ao longo do ano que termina) e preparar o ano seguinte. Não se pode esquecer que o mais importante é buscar a vontade de Deus para o casal e para a equipe e discernir seu apelo para viver, mais autenticamente, o amor caridade, que é a alma de toda a comunidade cristã.” (Guia das ENS, 31).

O balanço bem feito, humilde e transparente nos ajuda a identificar os pontos frágeis e fortes da caminhada de equipe, permitindo fazer um planejamento futuro real, capaz de proporcionar um crescimento qualitativo dentro daquilo que propõe o Movimento: Estar a serviço dos casais numa dinâmica de crescimento na vivência da espiritualidade conjugal. “As equipes têm que ser ao mesmo tempo um Movimento de iniciação e de aperfeiçoamento” (Centelhas de sua mensagem, p. 47).

Vivemos um ano jubilar riquíssimo no Brasil, nas Regiões. Debruçamo-nos sobre um tema de estudo muito profundo que nos fez refletir sobre a vida matrimonial de casais equipistas. A partir das questões propostas para o nosso balanço, numa perspectiva de crescimento futuro, busquemos testemunhar cada vez mais o amor de Deus a partir da nossa vida conjugal, dom gratuito da graça que nos cumula o Espírito Santo. Na nossa reunião Jesus está sempre no centro a nos escutar. De corações abertos digamos o que fizemos, como os discípulos a Jesus (cf. Lc 10, 17-20).

Um carinhoso abraço. No Coração de Jesus,

Pe. Miguel Batista, SCJ
SCE Super-Região Brasil

* Texto extraído da Carta Mensal de Novembro/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário